CMJM 3
PMJM

Câmara de João Monlevade é vítima de golpe e cerca de R$200 mil são transferidos da conta bancária

Parte do dinheiro já foi resgatado. Um boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil

Por Redação - Portal Notícia1 em 28/01/2022 às 13:54:04

Foto: Cíntia Araújo/Portal N1

Na última quarta-feira, 26, a Câmara Municipal de João Monlevade foi vítima de golpe. De acordo com a servidora do setor contábil, uma pessoa se passando por um funcionário da Caixa Econômica Federal entrou em contato com ela por telefone para que fosse feita uma atualização no site do banco, alegando que o endereço eletrônico estava apresentando instabilidade e fragilidade no módulo segurança. Segundo a servidora, ao realizar os procedimentos, a ligação caiu.

No mesmo instante, ela ligou para o gerente da agência de João Monlevade que, ao verificar a conta, constatou 4 transferências indevidas, totalizando cerca de R$200 mil. Uma das transferências, no valor de R$49.979,99, foi automaticamente estornada pelo sistema da Caixa. As outras três foram realizadas para contas de agências distintas do banco Santander. Ao entrar em contato com o Santander, o gerente conseguiu bloquear o valor de R$44mil.

A servidora da Casa e o presidente do Legislativo, Gustavo Maciel, registraram um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil. Segundo Maciel, será instaurado uma sindicância e a Câmara permanecerá contribuindo com a Polícia e com o banco para apurar o ocorrido.

De acordo com a Caixa, o banco abriu contestação referente a movimentação suspeita e está apurando as irregularidades. A instituição também informou que enviará notícia crime para a Polícia Federal para identificação dos criminosos e possível recuperação dos valores. A Caixa enviou um e-mail para todos os clientes alertando sobre tentativas de golpe. A mensagem também contém dicas de segurança.


Comunicar erro
Banner 3

Comentários

Defesa Civil