PMJM
CMJM topo

Homem é preso em Barão após matar cachorros do vizinho a tiros

Homem confessou o crime e disse que só não matou um terceiro cão porque o animal conseguiu escapar

Por Redação - Portal Notícia1 em 19/09/2022 às 17:01:45

Foto: Cíntia Araújo/Portal N1

Um homem de 58 anos foi preso nesta segunda (19), em Boa Vista, na zona rural de Barão de Cocais, por porte ilegal de arma de fogo. A arma foi utilizada por ele para matar dois cachorros de um vizinho, durante o final de semana. Conforme relatado pelo dono dos animais, já na tarde de sábado (17), ele tinha dado falta dos dois cachorros. Assim, no domingo, ele percorreu as casas dos vizinhos, perguntando pelos animais. Ao chegar a uma fazenda, o homem que trabalha no local como caseiro, confessou ter matado os animais com disparos de arma de fogo.

O autor ainda levou o dono dos animais até o local onde tinha deixado os cachorros, na fazenda onde trabalha. O dono dos animais os recolheu na manhã desta segunda, para enterrá-los. Logo após, entrou em contato com o vereador Paulinho da ONG, e foram registrar um boletim de ocorrência na Polícia Militar. Os policiais então se deslocaram até a fazenda onde o caseiro trabalha. Ao ser informado sobre o motivo da presença da PM, o homem admitiu que tinha matado os dois cães e que só não matou um terceiro cachorro porque ele teria conseguido fugir. O caseiro justificou o crime porque, segundo ele, os cachorros teriam atacado animais da fazenda em que trabalha. Contudo, o proprietário dos cachorros informou à Polícia Civil que seus cachorros somente afugentavam algumas vacas quando essas invadiam o terreno dele e que os cães não atacavam e nem matavam nenhum animal.

Os policiais questionaram sobre a arma utilizada. O caseiro então levou os policiais até o local onde mora e escondia uma espingarda no telhado. Ele afirmou que a arma não era sua, e que não possui registro de armamento. Em uma cômoda ainda foram encontradas munições de calibre 28 e 36. O homem foi preso em flagrante e responderá também pelo crime de maus tratos aos animais. Ele foi conduzido à delegacia de Polícia Civil e posteriormente, ao presídio.

Comunicar erro
Banner SGRA

Comentários

Defesa Civil