BANNER PMJM
cmjm 2

Presidente da Câmara de Barão desmente informações do Executivo e manda recado ao prefeito: "problema aqui é da sua Administração"

Prefeitura afirma que aguarda aprovação de projeto pela Câmara. João Lima disse que nenhum projeto foi enviado ao Legislativo: "Não venha jogar a culpa no Legislativo por uma coisa que é exclusivamente sua, senhor prefeito"

Por Redação/N1 em 09/02/2024 às 16:49:40

Foto: Reprodução/Rede Social

A situação referente à coleta de resíduos sólidos em Barão de Cocais ganha novo capítulo. Isso porque, conforme informado com exclusividade pelo Notícia1, a Prefeitura justificou em edital de contratação que aguarda aprovação dos vereadores para que pudesse aderir ao Consórcio Público de Gestão de Resíduos sólidos (CPRS), sediado em João Monlevade. No entanto, o presidente da Câmara de Barão de Cocais, João Lima (PSDB), fez questão de publicar um vídeo nas redes sociais, rebatendo a gestão do prefeito Décio dos Santos (PSB). Segundo João Lima, a Prefeitura não enviou nenhum projeto nesse sentido para a Câmara. João Lima ainda acusou a gestão do Executivo de incompetente e ainda fez questão de revelar que Décio tentou desmentir em áudio enviado aos vereadores, dizendo que as informações divulgadas eram fake news. No entanto, a informação consta no edital de licitação, publicado no site da Prefeitura (clique aqui e confira) e o edital é assinado pelo secretário de Meio Ambiente, Cristiano Lage.

Em texto de sua postagem, João Lima afirma que "a falta de competência da Prefeitura Municipal de Barão de Cocais em gerenciar a coleta de lixo no município está causando diversos transtornos para a população cocaiense há dias". Já no vídeo, o presidente da Câmara aparece com o Termo de Referência do Processo de Dispensa de Licitação para contratar, de forma emergencial, uma empresa para a coleta de resíduos na cidade. Conforme o termo e divulgado pelo Notícia1, dentre as justificativas apresentadas pela Prefeitura, no item 2.7, está a de que "a participação do município de Barão de Cocais/MG no Consórcio Público de Gestão dos Resíduos Sólidos, ainda pendente de aprovação na Câmara Municipal, para correspondente adesão e aproveitamento do Aterro Sanitário CPGRS". Já no subítem 2.7.1, é informado pela Prefeitura que a adesão, em tese, pendente de aprovação na Câmara, "é a melhor solução para o recebimento e destinação final aos Resíduos Sólidos Urbanos do Município de Barão de Cocais". Além disso, a Prefeitura cita novamente no ítem 2.13.4: a adesão ao consórcio para destinação de resíduos está em processo de aprovação na Câmara Municipal.

"Quero deixar bem claro que não existe nenhum projeto relativo a isso na Câmara Municipal. O prefeito não teve a coragem de encaminhar um áudio para os vereadores onde cita que isto é fake news gerado dentro da Câmara Municipal?", relatou João Lima. O presidente da Câmara, mostrando o documento da Prefeitura, ainda se diz admirado de o prefeito Décio "não saber, não ter ciência disto, o qual está assinado por baixo aqui pelo secretário de Meio Ambiente, Cristiano Lage. Ele assina isso".

No mesmo vídeo, João Lima pede que o prefeito, ao invés de acusar, procure saber a fonte. "Agora se eu fosse você (Décio), que gosta de ficar gravando vídeozinhos, grava um vídeo para a população, pedindo desculpas pelo transtorno que a sua administração está causando à cidade, com aquele amontoado de lixo pelas ruas. E no finalzinho do vídeo você vá lá e peça perdão, tem que ser perdão, aos garis porque são eles que estão metendo a mão no lixo, imundo, contaminado, cheio de fezes de animais e animais contaminados". Ao final da gravação, João Lima manda um recado ao prefeito: "Se existe um problema aqui é da sua administração. Não venha jogar a responsabilidade na Câmara não. O buraco é seu, você que causou esse buraco, você que se vire. Não venha jogar a culpa no Legislativo por uma coisa que é exclusivamente sua, senhor prefeito. No mais é só isso!".

Câmara reforça posicionamento

A Assessoria de Comunicação da Câmara de Barão de Cocais reforçou o posicionamento do presidente, João Lima. Confira nota abaixo:

A Câmara Municipal de Barão de Cocais reforça que o edital, publicado pela Prefeitura Municipal de Barão de Cocais e pela Secretaria de Meio Ambiente, contém informações inverídicas. Nenhuma proposição relacionada a coleta de resíduos foi encaminhada para apreciação do Poder Legislativo. Vale destacar que, a Câmara Municipal repudia a disseminação de informações incorretas que colaboram para confundir a população cocaiense. O problema, relacionado a falta de coleta de lixo no município, reflete a falta de planejamento e gestão do Poder Executivo e consequentemente prejudica toda a população da cidade.

A reportagem do Notícia1 encaminhou nesta sexta (9), à Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Barão de Cocais, às 10h22, questionamentos sobre a licitação, sendo a última pergunta: 'no edital emergencial, é citado que a Prefeitura aguarda aprovação da Câmara para que possa aderir ao Consórcio de Resíduos situado em João Monlevade. Quando foi enviada essa proposta ao Legislativo?'. Não houve retorno até a publicação desta matéria e tão logo se tenha, nova matéria será veiculada.

Comunicar erro
Banner SGRA

Comentários

CMJM