BANNER PMJM
cmjm 2

Prefeitura de João Monlevade aplica inseticida em cinco bairros

17 bairros já receberam a aplicação de inseticida com bomba costal

Por Redação/N1 em 20/02/2024 às 17:47:42

Foto: Heverton Elias/Acom PMJM

Com o intuito de combater o mosquito da dengue, a Prefeitura de João Monlevade, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, realiza a aplicação de inseticida com bomba costal em cinco bairros nesta terça, quarta e quinta-feira (20, 21 e 22). A aplicação é realizada rotineiramente pela Vigilância em Saúde do município (Visa) mas foi intensificada este ano, sendo que 17 bairros já foram alvo dessa ação.

A pulverização tem objetivo de exterminar o mosquito Aedes aegypti na sua fase adulta, por este motivo a aplicação é realizada sempre nas ruas que registram pessoas com dengue. A aplicação é feita após as 18h, e é necessário que os cidadãos fechem as janelas e portas das residências, caso tenham pessoas acamadas em casa. Recipientes utilizados para alimentação de animais domésticos precisam ser guardados e pássaros devem ser protegidos.

Nesta terça-feira (20), será a vez dos bairros Aclimação e Santa Bárbara. Na quarta-feira (21), seis ruas do Novo Horizonte e três do José Elói receberão a pulverização. Na quinta-feira , 22, seis ruas e três avenidas do bairro Loanda passarão pela dedetização. Em caso de chuva, no horário da aplicação, a pulverização será suspensa.

A Prefeitura já realizou a aplicação de inseticida nos bairros Santa Cecília, Novo Horizonte, República, Sion, Loanda, Boa Vista, Cruzeiro Celeste, Cidade Nova, Vila Tanque, Lourdes, Teresópolis, Alvorada, Nossa Senhora da Conceição, Carneirinhos, Aclimação, Novo Cruzeiro e Promorar. Bairros com maior incidência de dengue foram visitados mais de uma vez.
A supervisora de endemias da Visa, Regina Célia dos Santos, enfatiza que a população precisa fazer a sua parte eliminando os focos do mosquito nas residências. " O inseticida não resolve o problema de forma definitiva. Ele é usado para matar o mosquito adulto, mas a fase larvária e os outros ciclos de vida do Aedes aegypti só são eliminados pondo fim aos locais onde ele se reproduz ", concluiu.


Comunicar erro
Banner SGRA

Comentários

CMJM