N1
Arcelor

Obras de construção de trevos em Santa Bárbara exigem atenção de motoristas e motociclistas

Obras estão sinalizadas, mas atenção tem que ser redobrada no período noturno

Por Redação/N1 em 09/07/2024 às 13:42:24

Foto: Cíntia Araújo/N1

Quem trafega pela MG 129, rodovia que liga as cidades de Barão de Cocais, Santa Bárbara e Catas Altas, deve redobrar a atenção. As obras de construção dos dois novos trevos pela Prefeitura de Santa Bárbara, vem avançando dia após dia, o que promove alterações diárias no trecho.

O trevo em frente ao bairro Pacheca tem um recorte no centro, e que já funciona como rotatória, em especial para quem acessa o bairro Morada Serra Real. Apesar de sinalizado e de fácil visualização durante o dia, o trecho torna-se perigoso a noite, devido à ausência de iluminação. Há ainda dois quebra-molas, um em casa sentido da via, como forma de alerta aos motoristas e motociclistas.

Já no trevo que vem sendo construído na estrada que dá acesso a Catas Altas, é feito o alargamento da pista de quem segue sai de Catas Altas para Santa Bárbara. Há máquinas na pista e sinalização no local. Uma mudança implantada há algum tempo é que quem vem de Catas Altas, para acessar a MG-129 sentido Barão de Cocais, deve passar por uma rotatória, e não cruzar a rodovia, como antigamente.

Licitação

Conforme edital de licitação, o contrato prevê a construção de uma rotatória no entroncamento que dá acesso à Catas Altas, devido o tráfego intenso oriundo do fluxo viário da rodovia, e dos moradores do perímetro urbano da região (bairros Mãe Catarina, Caminho de Minas, São José, Água Fria e Condomínio Vista da Serra). Ainda, às margens da rodovia MG- 129, a outra rotatória entre os bairros Morada da Serra Real e Nossa Senhora da Penha (conhecido popularmente como Pacheca), que ficam situados a distância aproximada de 900 metros (novecentos metros) da entrada principal, cujo volume do tráfego também influi diretamente sobre o acesso principal da cidade. A empresa responsável é a Quiriate Construções Ltda e o valor do contrato, assinado em agosto de 2023, é de R$ 5.407.604,74.

Comunicar erro
Delegacia Virtual

Comentários

CMJM