PMJM
Camara CMJM

Comissão fiscalizadora visita sede da Enscon e avalia itinerários, limpeza e retirada de catracas

De acordo com o grupo, todas as outras contrapartidas estão sendo devidamente cumpridas

Por Redação - Portal Notícia1 em 19/10/2021 às 14:54:22

Foto: Divulgação/Acm PMJM

A Comissão do Grupo de Trabalho e Fiscalização, responsável por fiscalizar o cumprimento das contrapartidas para a concessão do subsídio financeiro de R$350 mil mensais à empresa Enscon realizou, na manhã da última segunda-feira (18), uma visita surpresa à sede da concessionária de transporte coletivo, no bairro Sion.

O grupo realizou vistorias no local e fiscalizou várias questões, entre elas, a limpeza e a higienização dos veículos, o funcionamento dos elevadores de acesso para portadores de necessidades especiais e a retirada das catracas altas. Segundo a Prefeitura, essa contrapartida foi cumprida em sua totalidade. Outros pontos observados pelo grupo são as condições do local utilizado para a limpeza dos veículos, o cumprimento dos horários e itinerários, inclusive do Rota Escolar e outras.

Segundo o procurador jurídico do município e membro da Comissão, Hugo Lázaro Martins, a visita objetivou verificar de perto e com mais eficácia, situações que afetam diretamente a qualidade do transporte público em João Monlevade. "A visita foi muito boa e nosso próximo passo é realizar viagens nos ônibus da empresa, acompanhar, de dentro dos veículos, itinerários e linhas. Sem programação e aviso prévio, claro, de surpresa, como foi feito na sede da empresa", afirmou.

De acordo com o grupo, todas as outras contrapartidas estão sendo devidamente cumpridas, como os valores das passagens, a manutenção e a ampliação das linhas sociais, a manutenção dos empregos na empresa de transporte coletivo, o envio de informações sobre o número de passageiros e itinerários, entre outras. A comissão também informou que as visitas surpresa continuarão sendo realizadas periodicamente pelos integrantes do grupo.

A visita à sede da Enscon foi realizada pelos membros Hugo Lázaro Marques Martins, vereador Fernando Linhares Pereira (DEM), José Filgueiras Gonçalves Filho e Elias Gonçalves.

Reclamações

Em recente questionamento feito pela reportagem do portal Notícia1, sobre o serviço do Rota Escolar, feitas em especial nas redes sociais, a Prefeitura sobre a situação confirmou que houve registro de reclamações sobre o serviço prestado. Além disso, a Prefeitura garante que "o Governo está realizando um acompanhamento rigoroso e fiscalização em relação aos serviços prestados, atento à qualidade desses serviços e apto a executar as devidas correções, caso necessário". Outro ponto destacado pelo Governo é que "naturalmente, há adequações e problemas a serem resolvidos, exatamente por se tratar da retomada de um serviço, sendo passível de falhas e adaptações a serem feitas".


Comunicar erro
Banner SGRA

Comentários