PMJM
Camara CMJM

Jovens monlevadenses propõem "Educação Ambiental" como disciplina obrigatória em grade escolar

Proposta foi feita em Plenária Municipal do Parlamento Jovem e será apreciada pelos participantes de todo o estado

Por Redação - Portal Notícia1 em 20/10/2021 às 09:19:52

Foto: Flávio Lial/Acom CMJM

Nessa terça-feira, 19, os alunos do Parlamento Jovem Minas se reuniram na Câmara Municipal de João Monlevade para a Plenária Regional do projeto. No encontro, os estudantes discutiram e aprovaram 3 propostas que serão levadas à Plenária Estadual em Belo Horizonte no dia 26 de novembro.

Este ano, o tema trabalhado pelo PJ é "Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável", dividido em 3 subtemas: Mudanças climáticas e proteção da biodiversidade, Práticas sustentáveis e desenvolvimento econômico e Recursos hídricos e Saneamento Básico.

Durante três meses os jovens se reuniram para discutir o tema e participaram de grupos de trabalho, dinâmicas e palestras com o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Samuel Domingos, o assessor Jurídico da Casa, Alexandre Pastorini e a presidente da ATLIMARJOM, Valdete Rosa. Depois, eles elaboraram as propostas para serem votadas.

Em discurso, o presidente da Casa, Gustavo Maciel (Podemos) parabenizou os estudantes pela dedicação no desenvolvimento das propostas. "É gratificante ver os jovens cada vez mais engajados nas questões políticas. São vocês que irão definir o futuro das próximas gerações".

Gustavo Maciel lembrou de que desde quando assumiu a presidência do Legislativo, ele tinha a vontade de que o projeto fosse desenvolvido. "No início do ano, ficamos na dúvida se conseguiríamos colocar em prática o projeto, devido a pandemia que restringia os encontros, mas graças ao empenho dos servidores Giulia, Natasha, Nilma, Mark e Letícia conseguimos que o Parlamento Jovem fosse desenvolvido", falou.

O presidente ainda destacou a importância da participação das mulheres nas decisões políticas. "Hoje a Câmara, é formada predominantemente por vereadores homens. Já no Projeto Parlamento Jovem, desenvolvido este ano, dos 10 participantes, 8 são mulheres. Isso é motivo de felicidade para nós, saber que as mulheres estão tendo cada vez mais participação e envolvimento em todos os setores".

Os vereadores Pastor Lieberth (DEM), Leles Pontes (Republicanos), Marquinho Dornelas (PDT) e Vanderlei Miranda (PL) participaram da reunião. O vereador Gustavo Prandini (PTB), justificou ausência.

Propostas priorizadas

As 6 propostas escolhidas pelos estudantes e que irão compor o documento do Polo Metropolitano II são:

- SUBTEMA I – Mudanças climáticas e proteção da biodiversidade

Investimento na fiscalização de políticas compensatórias ambientais, para assim conceder benefícios e/ou incentivos de natureza tributária, assim que forem comprovadas a diminuição tanto de gases poluentes quanto também a restauração do perímetro do meio ambiente degradado por tais empresas.

- SUBTEMA II – Práticas sustentáveis e desenvolvimento econômico

Inclusão da Educação Ambiental como matéria obrigatória na grade curricular.

- SUBTEMA III – Recursos hídricos e saneamento básico

Obrigatoriedade de uso de filtro do tipo Netting trash trap no final das redes de esgoto em pontos estratégicos das cidades, antes do esgoto/lixo serem descartados nos rios, com a finalidade de prevenir enchentes e diminuir risco de congestionamentos na rede pluvial.

Sobre o Projeto

O Parlamento Jovem é um programa de formação política, desenvolvido pela Assembleia Legislativa de Minas, voltado aos estudantes do ensino médio dos municípios mineiros. Além de estimular os jovens ao interesse pela política, o PJ proporciona aos alunos a oportunidade de conhecer melhor a política e os instrumentos de participação no poder legislativo municipal e estadual.

O projeto existe há 18 anos e este é o 7º ano que a Câmara de João Monlevade participa.

Comunicar erro
Banner SGRA

Comentários