arcelor banner
PMJM
Pmjm 1

Cultura em toda Monlevade: Casa de Cultura se reúne com lideranças e artistas nas periferias

O objetivo, conforme esclareceu a diretora-presidente da instituição, Nadja Lírio Furtado, é conhecer fazedores e fazedoras de cultura locais, demandas culturais e espaços que possam abrigar eventos nessas comunidades

Por Redação - Portal Notícia1 em 14/09/2023 às 14:31:34

Foto: Wir Caetano

A Fundação Casa de Cultura de João Monlevade (FCC) realizou na noite de terça-feira (12) reunião com lideranças e artistas do Promorar, na escola municipal do bairro. A pauta foi a Lei Federal Paulo Gustavo (LPG), que destinou ao município cerca de R$ 700 mil para aplicação em projetos de cultura, principalmente no setor audiovisual.

O encontro é o primeiro de uma série a ser realizada pela FCC para mapeamento cultural nas regiões periféricas da cidade. O objetivo, conforme esclareceu a diretora-presidente da instituição, Nadja Lírio Furtado, é conhecer fazedores e fazedoras de cultura locais, demandas culturais e espaços que possam abrigar eventos nessas comunidades.

Reconhecimento

A artesã Monalisa Rosa Frade, moradora do bairro, disse que a reunião foi "muito boa" porque demonstra reconhecimento. "Saímos todos muito satisfeitos", destacou. Segundo ela, os próximos moradores que participarem de outros encontros certamente terão a mesma avaliação. Monalisa agradeceu por ter recebido do diretor da Escola Municipal Promorar, Márcio Soares Egídio, o convite para participar do encontro.

Kézia Emiliana, que trabalha com crochê, tricô e bordado, também ficou animada com a iniciativa. "É muito bom a Casa de Cultura vir ao nosso bairro e trazer essas propostas".

A reunião no Promorar é fruto de articulação da Fundação Casa de Cultura com servidores públicos municipais que trabalham em áreas periféricas da cidade, para que mobilizem lideranças locais em torno da Lei Paulo Gustavo (Lei Complementar nº 195, de 8 de julho de 2022) e outras demandas culturais.

O lançamento de editais da LPG em Monlevade está previsto para outubro. Serão destinados cerca de R$ 500 mil para o audiovisual e R$ 200 mil para as demais linguagens.

Comunicar erro
Banner SGRA

Comentários

CMJM