BANNER PMJM

Eleições 2024 já pautam discussões na Câmara de Monlevade

Pastor Lieberth e Revetrie Teixeira pedem reconhecimento do governo ao trabalho do vice, Fabrício Lopes. Líder de Governo destaca carinho e respeito do prefeito Dr. Laércio ao seu vice

Por Redação/N1 em 09/11/2023 às 20:01:29

Foto: Fl

O cen√°rio pol√≠tico para as eleições de 2024 sa√≠ram dos bastidores da C√Ęmara de João Monlevade para os microfones, durante a reunião ordin√°ria desta quarta (8). Vereadores da base e a liderança do governo na Casa debateram sobre o prefeito dr. Laércio Ribeiro (PT), seu vice e secret√°rio municipal de Planejamento, Fabr√≠cio Lopes (Avante). Isso porque, segundo alguns vereadores, h√° falta de reconhecimento por parte do Governo ao trabalho de Fabr√≠cio. Importante destacar que Fabr√≠cio não pode se candidatar a vice, pois este é seu segundo mandato nesta função. Assim, caso Dr. Laércio tente reeleição, haver√° nova composição de chapa. J√° Fabr√≠cio ode se candidatar a prefeito ou vereador, mas não se manifesta publicamente sobre o assunto.

O primeiro a abordar a questão foi o vereador Pastor Lieberth (União). Ele, que é da base do Governo declarou. "Não tirando o mérito do nosso prefeito (...), não sou nenhum profissional ou formado em gestão de pol√≠tica, mas declaro uma coisa: nada contra o PT, mas não pense o PT que eles conseguem ganhar uma eleição em João Monlevade sem o apoio de Fabr√≠cio Lopes", disse. Ainda segundo o vereador, muitas pessoas hoje podem criticar o governo, mas ele destaca que algumas coisas "estão fluindo e nós temos um representante (Fabr√≠cio) que est√° trabalhando, e eu vejo que est√° trabalhando porque eu vou l√° (na Prefeitura) e o que eu vejo de vereador entrando e saindo do gabinete de onde Fabr√≠cio Lopes atua. Ele é requerido, o que é sinal que ele tem feito algo, juntamente com os vereadores".

Também em sua fala, Pastor Lieberth opinou que as conquistas do governo não podem se limitar a dr. Laércio, mas deve se estender a Fabr√≠cio Lopes. Novamente, o vereador destacou: "PT, não pense que vai ganhar eleição sem o apoio de Fabr√≠cio Lopes, não pensa que vai conseguir. Ganhou eleição porque tinha o grupo de Fabr√≠cio por tr√°s. Então agora é hora de reconhecer e valorizar". J√° sobre as visitas dos vereadores ao gabinete do vice-prefeito, Lieberth explicou que não é que o prefeito não queira atender, mas que ele é muito blindado. "Mas Fabr√≠cio est√° l√°, de manhã, de tarde e a noite atendendo. Talvez seja muito cedo para eu falar isso, mas sou homem que fala: Fabr√≠cio Lopes tem que ser reconhecido nessa cidade, porque tem feito um trabalho juntamente com o governo. São os dois trabalhando (Laércio e Fabr√≠cio), então os dois t√™m que receber o mérito. E o PT não ganha em Monlevade sem o apoio de Fabr√≠cio Lopes. Deixo o desafio. Quer pagar para ver?", questionou. O presidente do Legislativo, Fernando Linhares (União) opinou que pol√≠tica tem que ser feito em grupo e não individualmente. "Todos nós somos fundamentais para o sucesso ou derrota de qualquer governo", declarou.

Líder se manifesta

Após a fala do Pastor Lieberth, o l√≠der de Governo, Belmar Diniz (PT) fez questão de enfatizar que o governo reconhece o trabalho do vice-prefeito e secret√°rio de Planejamento. Ele iniciou explicando que a aliança com Fabr√≠cio começou com interlocução dele com o empres√°rio Elgen Machado (Machadão). Após isso, o nome de Fabr√≠cio passou pelo crivo do partido e dos filiados, que aprovaram a aliança. "Laércio é PT e tem uma defesa, um carinho, um respeito muito grande pelo Fabr√≠cio. Em todos os momentos ele faz questão de citar o vice-prefeito dele. Não sei de onde surgiu que o PT não quer o Fabr√≠cio. Eu quero e sou PT. Laércio quer e é PT. Se tem um murmurinho, alguma coisa, releva. Isso é intriga da oposição. É gente querendo desconstruir o que a gente construiu com muita força. Hoje nosso grupo é muito forte e vitorioso junto com a população de Monlevade", explicou Belmar.

Revetrie reforça fala de Lieberth

O vereador Revetrie Teixeira (MDB), cujo partido faz parte da base do Governo, reforçou as palavras de Pastor Lieberth. Revetrie é presidente da Comissão de Sa√ļde da C√Ęmara, e também faz muitas cobranças ao governo. "Pastor Lieberth foi muito s√°bio nas suas palavras. O PT foi eleito junto com nosso grupo. Levantamos a bandeira Belmar, subimos morro para pedir voto. Perdi voto por pedir voto para o PT, perdi mais do que ganhei, mas cumpri o meu compromisso, mas o PT não cumpre com o compromisso dele. É essa a nossa chateação", disse. Revetrie reclamou de alguns chefes de setores e secret√°rios municipais e mandou um recado ao governo e ao vice-prefeito. "Fabr√≠cio, conta com a gente que seu grupo é forte. E Laércio, se precisar, a base ainda existe, basta terem respeito com a nossa pessoa".

Comunicar erro
Banner SGRA

Coment√°rios

CMJM