BANNER PMJM
cmjm 2

Governo Federal assume duplicação do trecho da 381 entre BH e Caeté para atrair empresas para leilão

Ao todo serão 31,4 quilômetros que serão duplicados pelo Governo Federal

Por Cíntia Araújo Silva em 08/02/2024 às 19:50:49

Foto: Cíntia Araújo/N1

O Ministério dos Transportes assumirá as obras de duplicação de 31,4 quilômetros da BR-381/MG, no trecho que vai da capital Belo Horizonte a Caeté, na região metropolitana. Ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ministro dos Transportes, Renan Filho, destacou a importância da decisão, durante anúncio de investimentos por parte do Governo Federal em Minas Gerais. "Essa iniciativa somada às melhorias previstas no projeto de concessão farão com que a BR-381 deixe de ser "Rodovia da Morte" e passe a ser a "Rodovia da Vida", com segurança para as pessoas e progresso para o estado", afirmou.

A expectativa é que o edital de licitação para o projeto e o início das obras seja publicado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em abril. O Ministério dos Transportes defende que o investimento público trará uma solução mais rápida para os problemas da rodovia, além de aumentar a atratividade do ativo federal, que deve ir a leilão neste ano, podendo injetar R$ 10 bilhões em obras e serviços operacionais ao longo da BR. "Entendemos que o recurso privado tem que ter uma lógica de retorno, senão ninguém investe. Por isso, estamos melhorando o projeto e dividiremos os riscos, duplicando os lotes 8A e 8B, um dos trechos mais complexos da rodovia", afirmou o ministro dos Transportes, Renan Filho, durante solenidade. Também em sua fala, Renan Filho pediu que a Prefeitura de Belo Horizonte e o Governo de Minas somem esforços com o Governo Federal para a retirada das famílias que fixaram residência às margens da rodovia.

Histórico

Em novembro de 2023, pela terceira vez, o leilão da BR-381 não atraiu as empresas e foi frustrada. À época, em nota, o Ministério dos Transportes e a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) informaram que esperavam publicar novo projeto de leilão, ainda no primeiro semestre deste ano.

Comunicar erro
Banner SGRA

Comentários

CMJM