Nove celulares, tablet e computador encontrados na casa de policial serão periciados

Delegado afirma que Opera√ß√£o Rep√ļblica pode ter novos desdobramentos a partir dos dados levantados

Foto: Divulgação/PCMG

Foto: Divulgação/PCMG

Os aparelhos celulares, tablet e computador encontrados nas casas dos presos durante a Opera√ß√£o Rep√ļblica, deflagrada pelas pol√≠cias Civil e Militar em Jo√£o Monlevade, passar√£o por per√≠cia. O objetivo é encontrar mais informa√ß√Ķes referentes à quadrilha especializada em roubos de cofres e malotes do comércio local. A partir dos dados levantados, as investiga√ß√Ķes podem ter novos desdobramentos.

A opera√ß√£o ganhou destaque devido a pris√£o de um policial militar. Em sua resid√™ncia foram apreendidos nove aparelhos celulares, um tablet, e um computador. Todos os objetos ser√£o periciados para prosseguimento das investiga√ß√Ķes. Na resid√™ncia de um dos investigados foi apreendido um ve√≠culo, que pode ter sido adquirido com a pr√°tica dos crimes.

Os envolvidos s√£o investigados pelo crime de roubo, corrup√ß√£o passiva e ativa, além de crimes previstos na Lei 12.850, lei de organiza√ß√£o criminosa.

Operação

Coordenados pelo delegado regional Paulo Tavares Neto e pela delegada Monique Morais Bicalho, equipe de policiais civis realizaram a pris√£o de dois investigados. Um terceiro est√° foragido. J√° a Pol√≠cia Militar efetuou a pris√£o do policial militar envolvido. Os dois investigados foram encaminhados ao Pres√≠dio de Ipatinga e o policial militar est√° acautelado em depend√™ncia militar à disposi√ß√£o da Justi√ßa.

A organiza√ß√£o criminosa, est√° sendo investigada pela pr√°tica de pelo menos cinco crimes contra o patrimônio, dentre eles, roubo e furto qualificado. Eles tinham como alvo preferido malotes de dinheiro de comércio e cofres de postos de combust√≠veis.

Segundo a Pol√≠cia Civil, "a pris√£o dos investigados e do policial militar investigado representa uma grande a√ß√£o no combate aos crimes violentos na regi√£o, uma vez que essa organiza√ß√£o criminosa era a respons√°vel por grande parte dos roubos e furtos qualificados, praticados nos √ļltimos meses".