PMJM
Camara CMJM

Menores envolvidos em tentativa de homicídio de motorista em João Monlevade estão em instituição socioeducativa em BH

Os menores foram presos pela Polícia Militar no dia do crime. Polícia Civil investiga a motivação da tentativa de homicídio

Por Redação - Portal Notícia1 em 13/10/2021 às 18:20:29

Os menores foram presos pela Polícia Militar no dia do crime. Polícia Civil investiga a motivação da tentativa de homicídio - Foto: Cíntia Araújo/N1

Os dois menores envolvidos na tentativa de homicídio de um motorista da Enscon Viação, em João Monlevade, foram transferidos para uma instituição socioeducativa localizada em Belo Horizonte. Os menores têm 14 anos. Eles são suspeitos de agredirem o motorista em uma espécie de emboscada. Um terceiro menor participou do crime e morreu atropelado após a agressão, durante a fuga da vítima.

Segundo o delegado regional da 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil de João Monlevade, Paulo Tavares Neto, a motivação do crime é investigada. O inquérito está na fase de ouvir testemunhas. Contudo, o delegado não apresentou mais detalhes. Importante destacar que a vítima acusa a ex-mulher de ser a mandante da tentativa de homicídio.

O crime

O fato ocorreu na quinta (7). Conforme destacado pela Polícia Militar, o motorista relatou que três indivíduos entraram no ônibus que ele dirigia na noite do crime, no bairro Satélite e começaram a agredi-lo. Ainda segundo a vítima, ele começou a gritar e os autores se assustaram e saíram do veículo. Contudo, um deles teria escorregado no degrau da porta e caiu debaixo do ônibus. A vítima então arrancou com o veículo e acabou atingindo esse infrator.

Ainda segundo a PM, o motorista ferido seguiu para a sede da 17ª Cia. de Polícia Militar Independente, e alegou que foi vítima de homicídio tentado, tendo como mandante a ex-mulher. A partir das informações, policiais militares seguiram para o local do crime e encontrou o autor que foi atingido pelo ônibus. O adolescente informou aos militares que ele e outros dois menores tentaram contra a vida da vítima, e disse o nome dos outros envolvidos. Uma equipe do Serviço Voluntário de Resgate (Sevor) foi acionada e encaminhou o menor para o hospital, mas ele não resistiu aos ferimentos e faleceu. Ainda na noite do crime, os outros dois menores foram apreendidos pela PM.

Comunicar erro
Banner SGRA

Comentários